Terça-feira, 20.07.10

 

Já não sei o que me prende aqui. A escrever aqui.

Por isso, este blog encontra-se encerrado!

Uma boa continuação de leituras de posts da minha autoria em:

 

http://imagensesombras.blogs.sapo.pt/
http://um-dia-quero-ser-como-tu.blogspot.com/

 

Saudações , com amor :)   a vossa P.


tags: ,

publicado por p. às 14:01 | Link do post | Comentar | Ver comentários (6)

Sábado, 17.07.10

Sem mais nem menos, ele encostou-a à parede de maneira feroz. Os minutos valeram horas, as horas valeram uma vida.

Repetiram momentos como este, vezes sem conta. Tornou-se um hábito. Um bom hábito.

Não foram felizes para sempre. Ele deixou de lhe mandar mensagens a elogiá-la pela sua beleza natural, deixou de lhe pedir carinhos como antes, jamais se meteu de joelhos a implorar-lhe replay de tudo o que passaram juntos.

Se era impossível, eles nunca saberão. Talvez porque nunca terem tentado enfrentar as injúrias da vida e as traquinices do destino.

Não. Eles não foram felizes para sempre! (mas o sorriso mantém-se, abraçado à esperança e à saudade...)

 



publicado por p. às 18:09 | Link do post | Comentar | Ver comentários (5)

.mais sobre mim
.Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Posts Recentes

. Demos-lhe um fim - Uma lu...

. Nada é eterno

. (Não) Quero

. Nunca se sabe

.arquivos
.tags

. todas as tags

.Favoritos

. I'ts not over - Secondhan...

. sopros do coração.

. 4.

. Sentimentos sufocantes

. ultimo dia.

. I

. We weren't born to follow